Policial

Ação conjunta apreende carga ilegal de madeira que seria enviada para Europa

Uma carga de madeira ilícita, avaliada em aproximadamente R$ 130 mil, foi apreendida na última quinta-feira (21/03), durante uma ação conjunta realizada pela Polícia Civil do Paraná (PCPR), Polícia Rodoviária Federal (PRF) e Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), em uma empresa de compra e venda de madeiras, localizada no bairro Pinheirinho, na Capital. Um funcionário da empresa, de 32 anos, foi preso em flagrante no local.

As investigações tiveram início após uma denúncia anônima, relatando que a empresa estaria realizando transações comerciais criminosas. Diante do fato, a PCPR, junto da PRF e do Ibama, deslocaram-se até o local para apurar o fato. Ao chegarem ao estabelecimento, o homem – preso na ação – apresentou um documento fiscal da carga, vinda do Mato Grosso (MT). Entretanto, as equipes constataram que tratava-se de um documento falso.

Conforme apurado, o esquema criminoso girava em torno de uma empresa fantasma, ou seja, fictícia, situada no Mato Grosso (MT), para transportar madeira extraída de forma ilegal até a Europa. Os envolvidos com o esquema entregavam a madeira na empresa fantasma, onde eram confeccionados os documentos legitimando a atividade comercial e em seguida a madeira era vendida para a Alemanha.

O funcionário do local foi autuado em flagrante por uso de documento falso. Se condenado, poderá pegar até seis anos de prisão. A empresa foi multada pelo Ibama. As investigações continuam com o intuito de localizar o proprietário da empresa, bem como demais pessoas envolvidas com o esquema.

(Foto:PCPR)

Escreva um comentário