Bombando

Aves silvestres são apreendidos em condições de maus-tratos em Curitiba

Uma nova denúncia via Central 156 resultou na apreensão de 16 galos e sete pássaros silvestres em uma casa no bairro Parolin, em Curitiba. A operação de fiscalização aconteceu na manhã desta segunda-feira (1º) e foi mais uma ação conjunta entre a Rede de Proteção Animal da Prefeitura de Curitiba e a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA), da Polícia Civil do Paraná (PC-PR).

De acordo com os agentes, na casa havia indicações de rinha de galo e os animais eram mantidos em condições de maus-tratos. A posse de animais silvestres era irregular, ou seja, sem a autorização dos órgãos ambientais competentes. As multas chegam a R$ 20 mil e o responsável foi levado pelos policiais para prestar esclarecimentos e lavrar o termo circunstanciado.

Os galos receberam identificação por microchip para serem encaminhados a fiéis depositários e, em seguida, para adoção responsável. O trâmite será feito pela Rede de Proteção Animal ao longo dos próximos dias. Os pássaros, de espécies nativas brasileiras, ficarão sob a responsabilidade do Centro de Apoio à Fauna Silvestre do Departamento de Pesquisa e Conservação da Fauna, que faz parte da Secretaria Municipal do Meio Ambiente, até a definição da destinação mais adequada pelo Instituto Ambiental do Paraná (IAP).

(Foto:Divulgação/PMC)

Escreva um comentário