Tarobá News
Foto: Reprodução

Duas pessoas morreram em uma queda de um avião de pequeno porte, na noite deste sábado (20), no aeroclube, PR 486, entre Cascavel e Tupãssi.

A aeronave caiu em uma área de mata próximo à cabeceira da pista. Populares informaram que o avião caiu logo após a decolagem. Segundo o tenente do Corpo de Bombeiros, Eduardo Langner, as duas vítimas são homens de aproximadamente 50 anos, a identificação oficial ainda não foi repassada.

Diversas equipes do Corpo de Bombeiros foram acionadas, mas apenas puderam constatar o óbito das vítimas. O Instituto Médico Legal foi acionado para recolher os corpos.

Segundo levantamento feito pelo prefixo da aeronave de modelo Tecnam SRL, o proprietário seria Lyncoln Carneiro, empresário de Cascavel. A aeronave foi fabricada em 2014.

Equipes do Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) devem se deslocar de Porto Alegre, para averiguar o que teria causado a queda.

Vítimas do acidente com avião são identificadas

Mais tarde, foram identificadas de forma oficial as vítimas do acidente no AeroClube de Cascavel.

As vítimas são Lyncoln Carneiro, de 59 anos e Carlos Morales, de 57 anos. A informação foi repassada pela Polícia Federal, que fica no local do acidente até que as equipes especializadas se desloquem para começar a investigação acerca da queda da aeronave.

O avião estava registrado no nome de Lyncoln, que é empresário proprietário de um colégio particular na cidade de Cascavel.

A queda da aeronave aconteceu no inicio da noite deste sábado, próximo a cabeceira da pista do AeroClube da cidade, que fica as margens da PR-486, saída de Cascavel para a cidade de Tupãssi.

As causas da queda da aeronave só serão conhecidas após a investigação realizada pelo Cenipa.

Veja mais notícias em Tarobá News.

Escreva um comentário