Mirian Villa – Paraná Portal
Foto: Reprodução Facebook

Pensando em dar nome e rosto para os heróis que trabalham dia e noite no combate a Covid-19, a Santa Casa de Irati, nos Campos Gerais do Paraná, usou a tecnologia para apresentar esses profissionais à comunidade.

Todos os dias, pelo menos um trabalhador aparece no Facebook do hospital através da campanha “Você sabia que nossos heróis não são máquinas? Eles são humanos”. Em fotos com a família, os profissionais se apresentam e recebem muito incentivo dos internautas.

De acordo com uma pesquisa do CFM (Conselho Federal de Medicina), realizada entre setembro e dezembro de 2020, 96% dos profissionais da saúde relataram que a pandemia do coronavírus afetou sua vida pessoal ou profissional.

Além disso, lidar com um vírus desconhecido provocou sensação de medo ou pânico em 14,6% , assim como redução do tempo dedicado a família (14,5%). Segundo o CFM, esses fatores podem ter consequências no bem-estar dos trabalhadores.

Por isso, a ação da Santa Casa de Irati de valorizar os profissionais é tão importante, já que pequenas ações trazem mais esperança e alegria para o dia a dia que é tão difícil desde março de 2020.

“São esses pequenos detalhes e reconhecimentos que injetam um pouco de fôlego e ânimo. Acredito que são essas ações que fazem diferença e trazem mais esperança e alegria”, explicou Karina de Jesus, que é coordenadora do grupo de humanização da Santa Casa de Irati e fonoaudióloga.

Veja abaixo uma das postagens da campanha de valorização do Hospital Santa Casa de Irati!

A ideia da campanha partiu de uma conversa conjunta do grupo de humanização com a comunicação da Santa Casa. Após pedir autorização para a administração, Karina conversa com os profissionais e recolhe informações e fotos para publicar na rede social.

“Representa a vitória e o esforço deles também. A campanha é importante não só para a equipe, mas como uma ponte de conscientização da população, porque muitos esquecem que a gente têm uma família, que a gente corre riscos. É uma forma de lembrar que eles são pessoais normais que decidiram cuidar da vida do outro”, explica.

A Santa Casa de Irati tem 320 funcionários e conta com 12 leitos UTI Covid-19 e 12 enfermarias destinadas exclusivamente aos infectados pelo vírus. Ela atende pacientes de Irati e de outras regiões do Paraná também.

“Nossos funcionários estão se entregando de vida e alma faz mais de um ano. Por isso, esse trabalho [campanha] se faz importante, é a valorização que eles estão recebendo e assim diminuindo um pouco a ansiedade, a angústia”, conta o provedor da Santa Casa, Ladislau Obrzut Neto.

Reprodução Facebook/Santa Casa de Irati

Além do trabalho de valorização dos profissionais da saúde, outro ponto que chama atenção nas redes sociais do hospital são fotos e vídeos dos pacientes infectados pela Covid-19 que recebem alta.

O momento de comemoração também é uma forma de conscientização por parte da Santa Casa, já que relatos de festas clandestinas e aglomerações são frequentes.

“As pessoas estão negando a existência de um problema sério, por isso, mostrar as pessoas deixam o hospital com vida é importante, porque elas venceram o “bicho que é invisível”. Esses pacientes que sobrevivram são exemplos de pessoas, cada paciente que deixa a Santa Casa é mais uma medalha, é resultado do nosso trabalho”, finaliza Neto.

Escreva um comentário