Category

Cidades

Category

Os pesquisadores do Laboratório de Ecologia e Conservação, do Centro de Estudos do Mar, da Universidade Federal do Paraná (UFPR) atenderam na tarde deste domingo a um chamado na praia central de Guaratuba, devido ao aparecimento de uma tartaruga-cabeçuda.

A área onde o animal estava foi interditada até a chegada dos pesquisadores. Após as primeiras avaliações, a equipe constatou que o animal estava debilitado e pouco responsivo.

Por isso, a tartaruga foi levada ao Centro de Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos da UFPR, onde recebe os primeiros medicamentos para a estabilização de seu quadro de saúde.

Qualquer ocorrência de animal marinho (vivo ou morto) encontrado no litoral do estado deve ser comunicada ao projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos pelo telefone 0800-642-3341.

 

CBN Curitiba
Foto: Divulgação/LEC