Category

Coritiba

Category

Em duelo equilibrado e com resultado que não agradou nenhuma das equipes, Coritiba e Operário empataram em 0 a 0, na noite desta quinta-feira (24), e podem ver o América Mineiro abrir vantagem no G-4 do Campeonato Brasileiro da Série B.

O duelo válido pela 31ª rodada da Série B foi realizado no Couto Pereira, em Curitiba, com um público de 21.510 torcedores.

O Coritiba chega aos 48 pontos com o empate e precisa que o América Mineiro não vença o Atlético Goianiense, nesta sexta-feira (25), para se manter no G-4 da Série B.

Já o Operário fica na oitava posição com 44 pontos, quatro pontos abaixo do Coritiba.

PRÓXIMOS JOGOS

As duas equipes voltam a campo na próxima sexta-feira (1), pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, em duelo diretos pelo G-4 da competição.

O Coritiba viaja para Ribeirão Preto para encarar o Botafogo no Santa Cruz, às 19h15.

Já o Operário recebe o Atlético Goianiense no Germano Krüger, às 20h30.

O JOGO

O jogo começou travado e a primeira chance de gol foi do Operário aos 22 minutos. Marcelo recebeu na área e ajeitou para Índio finalizar perto do poste direito.

O Coritiba respondeu aos 35 minutos. William Matheus recebe na esquerda e finalizou cruzado perto da meta.

Nova chance para o Coritiba aos 42 minutos. Diogo Mateus cruzou rasteiro na marca do pênalti e encontrou Rodrigão. O atacante dominou com giro, mas bateu torto e perdeu grande chance.

O Operário respondeu aos 43 minutos. Marcelo tocou para Lucas Batatinha na área e o atacante finalizou firme para defesa em dois tempo de Alex Muralha.

A primeira chance do segundo tempo foi do Operário. Marcelo fez o cruzamento e Cléo Silva bateu de primeira com perigo a meta.

O Coritiba respondeu no ataque seguinte. Diogo Mateus cruzou da direita e a bola chegou em Robson no segundo poste. O atacante finalizou de peixinho, mas a bola passou à direita do gol.

Aos 13 minutos, nova chance do Coritiba. Rafinha roubou bola no ataque e cruzou na marca do pênalti. Rodrigão ganhou da zaga e de ponta de chuteira finalizou para bela defesa de Rodrigo Viana. No rebote, Juan Alano finalizou de primeira perto do travessão.

Rodrigo Viana apareceu novamente aos 18 minutos. Giovanni recebeu na esquerda e soltou a bomba. O goleiro do Operário teve que se esticar para mandar a bola para escanteio.

O Operário respondeu aos 26 minutos. Marcelo cruzou no segundo poste e Cléo Silva ajeitou de cabeça para Uilliam, mas o atacante não conseguiu cabecear em cheio e a bola ficou fácil para a defesa de Alex Muralha.

A última chance do Coritiba foi aos 36 minutos. Igor Jesus foi lançado na área e finalizou cruzado para boa defesa sem rebote de Rodrigo Viana.

Jorge de Souza – Paraná Portal