Destaques

Chegada de frente fria derruba as temperaturas e há previsão de geada


A semana começa com bastante nebulosidade e temperaturas amenas em todo o Paraná. Mas a chegada de uma frente fria e a massa polar que ingressa no Estado na noite desta quarta-feira (01), derruba de vez os termômetros.

Segundo o Simepar ( Sistema de Tecnologia e Monitoramento Ambiental do Paraná), a nebulosidade é maior entre as regiões Sul e Leste do Estado, por conta dos ventos que sopram do oceano em direção ao continente. Já nas regiões Oeste e Sudeste há previsão de chuva fraca.

A partir desta terça-feira (30) espera-se um aumento da instabilidade e possibilidade de chuvas em todo o Paraná, por conta da chegada da nova frente fria. Em áreas mais a Oeste e Sul há possibilidade de temporais.

A partir de quarta à noite as temperaturas começam a cair. Na manhã de quinta-feira (2) a temperatura mínima prevista para Curitiba é de 3º.

Já Guarapuava e Ponta Grossa tem previsão mínima de apenas 1º. Londrina, Paranavaí e Maringá  podem registrar 5º de temperatura mínima.

FRENTE FRIA: CONFIRMA O MAPA DO PARANÁ DESTA QUINTA-FEIRA (2)

frente fria paraná
Divulgação/Simepar

A baixa temperatura deve prosseguir até o final de semana, quando há também previsão de chuva.

PREVISÃO DE GEADA

Segundo o Meteorologista do Simepar, Samuel Nunes, a baixa temperatura, por conta da massa polar que deve ingressar no Estado nesta quarta-feira, pode provocar geadas na região Oeste.

“Isso deve acontecer na quinta ou sexta-feira, quando a mínima para região deve girar em torno de 2º a 4º, o que deve gerar alguma geada fraca, em alguns pontos moderada – e, obviamente, que as culturas mais sensíveis acabam sendo um pouco mais prejudicadas”, afirmou o meteorologista.

O inverno é a estação mais fria do ano e teve início no dia 20 de junho. A primeira semana de julho será bem característica.

O ingresso de massas de ar frias e secas no território paranaense é uma ocorrência habitual após a passagem de frentes frias. Essas massas de ar ocasionam quedas acentuadas nas temperaturas num intervalo entre 24 e 48 horas. Com o frio mais intenso associado a massas de ar de origem polar, a formação de geadas em boa parte do Estado.

Ana Cláudia Freire – Paraná Portal

Escreva um comentário