Athletico Parananense

Com virada relâmpago, Athletico mete 4 a 1 no Goiás

O Athletico saiu atrás no placar, mas conseguiu recuperar a postura e meteu 4 a 1 no Goiás, neste domingo (27), na Arena da Baixada, pela 28ª rodada do Campeonato Brasileiro. Foram necessários poucos minutos para o Furacão conseguir a virada relâmpago.

O gol do Goiás foi anotado no primeiro tempo por Rafael Moura. Na segunda etapa, o Furacão reagiu com Rony, Marco Ruben, Léo Pereira e Adriano.

Com o resultado, o rubro-negro soma 42 pontos, na oitava posição. O time paranaense já tem vaga garantida na Libertadores do ano que vem, após ser campeão da Copa do Brasil. O Goiás é o décimo colocado, com 38 pontos.

O Athletico volta a campo na quinta-feira (31), contra o Internacional, em Porto Alegre, às 21h30.

O JOGO
A partida começou equilibrada, com chances para ambos os lados. O rubro-negro tinha mais posse de bola, mas o Goiás era rápido no ataque.

Aos 20 minutos, o Athletico chegou a balançar as redes, mas o árbitro marcou impedimento. Rony dominou e mandou pro fundo da meta, mas o gol foi anulado porque Marco Ruben estava impedido.

O Furacão seguiu na pressão, mas foi o Goiás que soube aproveitar as poucas chances que teve na primeira etapa. Aos 45, Michael escapou pela esquerda e cruzou para Rafael Moura, que cabeceou no cantinho do goleiro Santos para abrir o placar.

Na volta do intervalo, o rubro-negro não quis saber de conversa e logo empatou. Aos dois minutos, Khellven cruzou da direita e Rony finalizou, mas Tadeu defendeu. No rebote, Léo Pereira deixou tudo igual.

A virada aconteceu pouco tempo depois, aos sete minutos. Rony disparou na velocidade, invadiu a área e tocou no cantinho de Tadeu para ampliar.

O Goiás sentiu e ficou apagado, apenas assistindo o baile rubro-negro. Aos 16 minutos, saiu o terceiro gol. Marco Ruben invadiu a área e rolou para trás onde estava Cittadini, que finalizou de primeira. Tadeu defendeu e deu o rebote. Adriano aproveitou e aumentou a diferença sobre o rival esmeraldino.

O Athletico seguiu agitado e ainda deu tempo para mais um gol. Aos 48, Rony deu um toque para Marco Ruben completar a goleada.
Francielly Azevedo

Escreva um comentário