Destaques

Descontente com reforma de militares, PSL adia relatoria para CCJ e amplia incertezas


Descontentes com a proposta de reforma apresentada pelo militares, a liderança do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, afirmou que o anúncio do relator da previdência na Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça (CCJ) foi adiado. As informações são de Camila Turtelli, Renato Onofre, Mariana Haubert no Estadão

“Depois de uma reunião com líderes partidários, ficou acordado que não haverá a indicação do relator até que o governo, através do Ministério da Economia, apresente um esclarecimento sobre a reforma e a reestruturação dos militares”, diz a nota.

leia mais

Escreva um comentário