Redação Paraná Portal
Foto: (José Fernando Ogura/ANP)

A circulação de veículos na Estrada da Graciosa, no Paraná, está totalmente liberada a partir das 9h deste domingo (3). A previsão inicial era que a estrada ficaria bloqueada até a segunda-feira (4), mas o governo estadual anunciou a liberação antes do previsto.

“O objetivo foi atingido, foi uma decisão importante que adotamos em conjunto com a Secretaria da Saúde e Defesa Civil Estadual. Nosso trabalho continua com orientações e a abordagens policiais, mas a restrição está suspensa”, disse o Secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares.

O bloqueio na via estava em vigor desde o dia 30 de dezembro, das 9h às 16h, com exceção aos veículos dos moradores dos municípios de Quatro Barras, Morretes, Antonina e Guaraqueçaba. Veículos que iriam fazer entregas para os moradores dessa região também liberados da restrição.

ESTRADA DA GRACIOSA FOI BLOQUEADA PARA EVITAR AGLOMERAÇÕES E ACIDENTES

A Estrada da Graciosa ficou bloqueada do trecho do Portal da Graciosa até o Trevo São João da Graciosa desde o dia 30 de dezembro de 2020 até hoje. A justificativa foi evitar aglomerações de pessoas (conter o aumento da pandemia de covid-19) nos pontos da via, disponíveis para a realização de confraternizações, como churrascos e banhos de rio.

Além disso, o governo do Paraná também afirmou que a restrição por conta da possibilidade de deslizamentos em razão das fortes chuvas que atingiram a reação nos últimos dias. ”

“Todo ano temos problemas e desastres na região neste período. É uma época que chove muito, e a formação geológica e as condições da via a tornam muito vulnerável para deslizamentos graves, com histórico inclusive de óbitos. É um risco para os veículos”, explicou o coordenador estadual da Defesa Civil, tenente-coronel Fernando Schunig, na semana passada.

Schunig afirma que o alto risco foi comprovado durante o período de controle de acesso à Estrada da Graciosa. “Pudemos observar a importância da ação. Tivemos o registro de uma cabeça d’água em Morretes, que poderia ter sido mais grave se houvessem mais pessoas no rio. Para o domingo, o risco é baixo, o que propicia a abertura da via para circulação de veículos”, completou.

Conforme o último boletim do coronavírus, o Paraná acumula 7.938 óbitos e 416.434 casos.

Escreva um comentário