Redação – Paraná Portal
Foto: Reprodução/Arte UOL

A segunda-feira (4) é inédita e histórica para a sociedade moderna já que o Facebook parou e o WhatsApp caiu, assim como o Instagram. As três das principais redes sociais do mundo pertencem ao mesmo grupo, comandado por Mark Zuckerberg, não funcionaram por seis horas. Relatos no Twitter, a partir das 18h40, apontam que os sites e aplicativos estão voltando a funcionar de forma gradual, mas muita gente ainda reclama do blecaute.

Não houve qualquer previsão oficial para o retorno dos aplicativos. Inclusive o cenário foi de caos nas últimas seis horas. Até os funcionários do Face não conseguiram nem entrar nos escritórios para tentar normalizar a situação. De acordo com os jornais americanos, os crachás não estavam funcionando e a confusão aumentou ainda mais.https://4f257408cef687ffee5bc6713768fa77.safeframe.googlesyndication.com/safeframe/1-0-38/html/container.html

FACEBOOK, INSTAGRAM E WHATSAPP FORA DO AR: O QUE ACONTECEU?

Dane Knecht, vice-presidente da empresa de servidores Cloudflare e um dos especialistas no tema, disse que as quedas globais do Facebook, WhatsApp e Instagram têm relação com o DNS e que “rotas BGP” da empresa “foram retiradas da internet”. DNS significa Domain Name System – em português, Sistema de Nomes de Domínios. É uma espécie de banco de dados que relaciona o endereço “nominal” do site com o endereço real (número de IP) para acessar.

De forma bem básica, tudo isso quer dizer que o endereço do Facebook está com problema. Erros assim já aconteceram, mas não são tão comuns e nem demoraram tanto tempo para serem normalizados.

No Twitter, o perfil oficial do Facebook não esclareceu as dificuldades encontradas. “Estamos cientes de que algumas pessoas estão tendo problemas para acessar nossos aplicativos e produtos. Estamos trabalhando para voltar ao normal o mais rápido possível e pedimos desculpas por qualquer inconveniente”.

Contudo, nenhuma explicação oficial ainda foi dada.

MARK ZUCKENBERG PERDE DINHEIRO COM QUEDAS

Os problemas nas redes sociais causaram problemas para a imagem e também aos cofres. De acordo com a Forbes, Mark Zuckerberg perdeu 5,9 bilhões de dólares nessas horas.

Já na bolsa americana, as ações do Facebook recuaram 4,89%. Ou seja, a imagem ruim com o Facebook fora do ar causou a saída de diversos investidores.

svg%3E
(Reprodução/Facebook)

Escreva um comentário