Destaques

Familiares se preparam para contar a Raquel que o irmão 11 anos (Mateus) faleceu com a explosão…

Em estado grave no hospital jovem de 23 anos que teve 80% do corpo atingido pelo fogo ainda não soube sobre a morte do irmão.

Devido a situação frágil da jovem, ainda não havia sido contado a morte do menor .

Outros Feridos

Um homem de 30 anos, com 35% do corpo queimado, também está sob cuidados intensivos. Eles foram transferidos para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) no início da tarde de ontem

Outro homem ferido, de 27 anos, tem o estado de saúde considerado estável. De acordo com a assessoria do hospital, ele permanece internado, embora não tenha sido encaminhado à UTI.

Causas da explosão são investigadas

A explosão aconteceu na na Rua Dom Pedro I, no bairro Água Verde, em Curitiba. O menino, de nome Mateus, foi lançado para fora do apartamento, no sexto andar, e foi parar no térreo. Ele chegou a ser socorrido com vida, mas os ferimentos eram graves. Mateus era irmão de Raquel Lamb, de 23, que estava no apartamento com o marido, Gabriel Araújo,  29, e o técnico que faria  a impermeabilização, Caio Santos, de 30. O estado de saúde de Raquel e Caio inspira cuidado.

As informações preliminares davam conta de que a explosão havia sido causada pelo vazamento de um botijão de gás, mas a hipótese foi descartada. Segundo o Subcomandante do Corpo de Bombeiros, major Eduardo Gomes Pinheiro, a explosão aconteceu durante a impermeabilização de um sofá. O serviço era realizado por uma empresa especializada no ramo.

“A Polícia Científica foi acionada e o trabalho de perícia vai determinar o que aconteceu. As causas do acidente ainda precisam ser investigadas”, completou o tenente Thiago Vieira, que participou dos trabalhos de regate e rescaldo.

Fonte: https://paranaportal.uol.com.br/cidades/morre-crianca-explosao-predio-curitiba/

Escreva um comentário