Redação – Paraná Portal
Foto: Reprodução

O primeiro-ministro da França, Jean Castex, anunciou nesta terça-feira (13) a suspensão por tempo indeterminado dos voos com destino ou origem no Brasil. O anúncio foi feito durante sessão da Assemblée nationale, o Parlamento do país.

Castex referiu-se especificamente ao Brasil: “Tomamos conhecimento de que a situação está piorando e decidimos suspender todos os voos entre a França e o Brasil até segunda ordem”, disse. Entidades médicas francesas vinham recomendando essa medida desde que ficou evidente o avanço da variante P-1 do novo coronavírus. Essa variante é considerada mais contagiosa e grave.

Ultimamente, 10 voos semanais ligavam os dois países, todos operados pela companhia Air France.

Para entrar na França, os viajantes do Brasil (exceto franceses) precisavam apresentar uma razão essencial para viajar, além de teste PCR negativo e uma declaração de que cumpririam 10 dias de quarentena. Não havia, porém, verificação por parte das autoridades.

Desde o início de abril, os passageiros eram ainda submetidos a um teste rápido no aeroporto Charles de Gaulle.

A decisão do governo da França vem logo após a recomendação da Comissão Europeia aos países-membros da União Europeia (UE) que mantenham as restrições às viagens não essenciais de países que tenham apresentado novas variantes do SARS-Cov-2.

https://platform.twitter.com/widgets.js

Escreva um comentário