Destaques

Homem é preso três anos depois de matar a ex-namorada em São José dos Pinhais



Um homem de 41 anos foi preso pela PCPR (Polícia Civil do Paraná) suspeito de matar a ex-namorada em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba. Ele ficou desaparecido por 1.386 dias – desde o crime, cometido no dia 20 de abril de 2016. Contudo, ele foi encontrado em Umuarama, no noroeste do Paraná, a 576 quilômetros de distância.

Giseli Rosele Mollinari, na época com 47 anos, morreu após sofrer dois disparos no seu rosto. Ela estava saindo de casa, no bairro Jardim Aviação, rumo ao trabalho.

Conforme as informações da polícia, o crime foi rigorosamente investigado, incluindo oitiva de testemunhas e análise da câmeras de segurança. Contudo, o assassinato nunca teve um desfecho até a prisão do suspeito.

Ao ser detido, ele confessou o crime e disse que não se conformava com o fim do relacionamento. O casal teria se separado cerca de um ano antes do assassinato, mas a vítima nunca tinha feito qualquer relato contra o ex-namorado por nunca ter sofrido qualquer tipo de ameaça.

O homem foi indiciado por crime de feminicídio e permanece preso à disposição da Justiça.

Redação Paraná Portal

Escreva um comentário