Internado com covid-19, prefeito de Campo Largo tem piora no quadro respiratório e é entubado

O prefeito de Campo Largo, na Região Metropolitana de Curitiba, Marcelo Puppi, (DEM) precisou ser entubado na última segunda-feira (14), após apresentar pior no quadro respiratório por conta da covid-19.

Puppi tem 61 anos e está internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital do Rocio, em Campo Largo, desde o dia 28 de novembro.

De acordo com boletim divulgado pelo hospital, por conta da piora em seu quadro respiratório foi necessária a entubação e ventilação mecânica. O boletim informa ainda que o prefeito está sedado em coma induzido, mantendo o tratamento e medicações conforme protocolo institucional do hospital.

Prefeitura informa sobre quadro clínico de saúde do Prefeito Municipal, Sr. Marcelo Puppi:

Publicado por Prefeitura de Campo Largo em Segunda-feira, 14 de dezembro de 2020

Marcelo Puppi foi reeleito prefeito de Campo Largo nas Eleições Municipais 2020, no dia 15 de novembro, com 39,26% dos votos. Ele recebeu 21.566 votos.

111 moradores de Campo Largo morreram pela covid-19, diz prefeitura

De acordo com o último boletim epidemiológico da Prefeitura de Campo Largo, divulgado na segunda-feira (14), mais três moradores da cidade morreram pela covid-19: um senhor de 74 anos, que faleceu no último sábado (12) e outros dois homens, de 59 e 72 anos, que morreram ontem. Todos estavam internados, segundo a prefeitura.

Desde o início da pandemia, 111 campo-larguenses morreram em decorrência do novo coronavírus.

Um terço do total de casos da covid-19 em Campo Largo foi confirmado nas últimas quatro semanas. A prefeitura classifica o número de novos casos como o momento mais crítico desde o inicio da pandemia, em março.

Na última semana epidemiológica (de 6 a 12/12) foram confirmados 516 novos casos. O total de diagnósticos positivos na cidade metropolitana é de 5.811.
Foto: Divulgação/Prefeitura de Campo Largo
Hoje a macrorregional Leste, que é a regional de saúde da qual Campo Largo faz parte, tem 92% das vagas de UTIs e 60% das vagas de enfermarias exclusivas para adultos com COVID-19 ocupadas.

Redação – Paraná Portal
Foto: Reprodução/Facebook

Escreva um comentário