Destaques

Militares desprestigiados junto ao Governo do Estado

Lideranças das Associações da Polícia Militar do Estado do Paraná se reuniram na tarde de ontem para, novamente, fazerem queixas do Governo do Estado. Os militares, da ativa e reserva, estão se sentindo desprestigiados pelo governador Ratinho Junior e sem qualquer apoio do Comando Geral da corporação.

Para o coronel Sergio Malucelli, convidado a comandar o encontro, as associações que, efetivamente, representam a classe militar no Estado, devem procurar o comando da Polícia Militar para apresentarem suas reivindicações e fortalecerem o relacionamento com o governo.

Segundo uma dessas lideranças, o desprestígio da categoria, que levou muita gente à baixa estima, foi a intervenção federal em São José dos Pinhais, comandada pelo ministro da Justiça, Sergio Moro. Foi um balde de água fria na Polícia Militar, como se nunca tivesse havido ações de combate ao crime naquela cidade, disse um coronel da reserva.

Os militares estão se armando, literalmente, para ampliar o número de policiais militares na política. Hoje já são 38 vereadores, quatro prefeitos, três vice-prefeitos, três deputados estaduais e um federal. A meta é lançar mais dois candidatos à Assembleia Legislativa do Estado e dois à Câmara Federal.

Pedro Ribeiro – Paraná Portal

Escreva um comentário