Destaques

Moda inclusiva é destaque no Boqueirão Fashion Day



Moda inclusiva é destaque no Boqueirão Fashion Day

A terceira edição do Boqueirão Fashion Day, na noite desta sexta-feira (12), emocionou a plateia com o foco voltado para a moda inclusiva.

A coleção da moda funcional foi criada pela estilista e professora do Senai-PR Bruna Brogin, destaque do Prêmio Viva Inclusão 2018, promovido Prefeitura para divulgar boas práticas e serviços voltados à pessoa com deficiência.

Bruna é doutora em Design pela Universidade do Paraná (UFPR). “Eu desenvolvi um método de cocriação de moda funcional para pessoas com deficiência chamado co-wear”, explicou a professora.

Ela levou para a passarela cinco pessoas com deficiências que usaram peças personalizadas, mais confortáveis e funcionais. “Ficamos muito felizes de ver a coleção entrando na passarela. Todos conseguiram se vestir sozinhos e com facilidade, que era o nosso intuito”.

A cadeirante Bárbara Gabriela Costa desfilou pela primeira vez. “Achei interessante incluir mais esse grupo. É bem legal saber que alguém se importa com isso”, comemorou.

Com ela desfilaram a arquiteta Andressa Domingues Penteado, que usa próteses nas pernas; Carlos Eduardo da Silva Cavalheiro, com deficiência intelectual; a cientista política Leila Lima, que tem baixa visão; e o fisioterapeuta Roberto Leite, que é cego.

“Foi uma experiência inovadora. Fiquei muito à vontade no desfile. Pudemos mostrar que as pessoas com deficiência são tais e quais as outras pessoas. Somos diferentes? Sim! Que bom que somos diferentes”, disse Roberto.

Para eles a estilista Bruna criou roupas com vários bolsos, facilitando o acesso e a separação correta de cartões, documentos e dinheiro, um porta-bengala e a identificação com códigos de cores.

Expressão cultural

Para a presidente da Fundação Cultural de Curitiba (FCC), Ana Cristina de Castro, a moda como uma expressão cultural movimentou a cidade no Boqueirão Fashion Day. “Foi um evento importante porque chamou a atenção para a inclusão, bem como para o fomento à economia criativa”, afirmou.

O Boqueirão Fashion Day também foi a oportunidade de 60 modelos desfilarem na passarela montada na Rua da Cidadania do Boqueirão, que vestiram Ygor Botelho. “Que venha o quarto Boqueirão Fashion Day, que futuramente vai se transformar no Boqueirão Fashion Week”, almeja.

“Uma semana de desfiles, com balcão de negócios, valorizando ainda mais a produção da moda da nossa cidade e da nossa região”, aposta o estilista.

Os desfiles também tiveram a temática que homenageia Curitiba, inspirados na coleção de acessórios “Curitiba, sua Linda”, produzida por alunos e professores do curso de Design de Moda do Centro Europeu. Já, os alunos do Curso Técnico em Modelagem do Vestuário do Senai buscaram inspiração na época medieval.

“É a festa da moda curitibana, que valoriza o polo têxtil de Curitiba, a Rua Dr. Bley Zornig e a economia criativa”, comemorou o administrador da Regional Boqueirão, Ricardo Dias.

O evento teve a parceria do Sindicato de Modelos do Paraná (Simm-PR), Centro Europeu, Senai-PR e apoio de lojistas da Rua Dr. Bley Zorning (ACR, Fortex Malhas e Tecidos, Inova Textil, Kolifio, Kolimalhas, Mega Textil, Souza Tecidos).

*Com informações da prefeitura de Curitiba



Source link

Escreva um comentário