Cidades

Mostra de Glauber Rocha movimenta a semana do Cine Passeio em Curitiba

Começou neste sábado (30), a programação do Estúdio Valêncio Xavier, um dos espaços de atividades do Cine Passeio, inaugurado na última quarta-feira (27), com a mostra Glauber Rocha 80 Anos. Antes da exibição do primeiro filme, Barravento, o pesquisador e crítico de cinema Fernando Brito deu uma palestra sobre a vida e a obra do cineasta, em um evento organizado pelo Instituto Curitiba de Arte e Cultura (Icac), a instituição responsável pela gestão do Cine Passeio.

Glauber Rocha faria 80 anos no último dia 14 de março. O pesquisador Fernando Brito, curador da Versátil Home Vídeo, responsável pela recuperação em DVD de seis dos dez longas-metragens dirigidos por Glauber Rocha, foi convidado justamente para falar sobre a cinematografia glauberiana. Todo o subsolo do Cine Passeio foi batizado de Espaço Valêncio Xavier e uma de suas unidades é o estúdio onde está sendo exibida a mostra Glauber Rocha, e tem a proposta de promover discussões sobre cinema.

Valêncio foi uma das figuras mais importantes do cinema paranaense. Foi cineasta, roteirista, jornalista, poeta, escritor e desenhista. Nasceu em São Paulo em 1993, morou no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul, viveu em Paris por um ano como fotógrafo e se estabeleceu em Curitiba nos anos 1960.

Ele atuou como cenógrafo e diretor nos primeiros tempos da televisão do Paraná e, nos anos 70, fundou a Cinemateca de Curitiba. Seu talento literário também é reconhecido. Um de seus livros mais emblemáticos é O Mez da Grippe. Valêncio faleceu em 2008. Uma exposição no Cine Passeio conta a sua trajetória artística.

A mostra tem entrada gratuita e contará com a exibição dos principais filmes do diretor homenageado, seguido de debate, entre domingo (31) e sexta-feira (5). Confira a programação:

Domingo, dia 31/3, às 17h – Deus e o Diabo na Terra do Sol
Terça-feira, dia 2/4, às 19h – Terra em Transe
Quarta-feira, dia 3/4, às 19h – O Dragão da Maldade contra o Santo Guerreiro
Quinta-feira, dia 4/4, às 19h – O Leão de Sete Cabeças
Sexta-feira, dia 5/4, às 19h – A Idade da Terra

(Foto:Cido Marques/FCC)

Escreva um comentário