Destaques

Motorista de aplicativo que atropelou passageiro após discussão é denunciado pelo MP



Motorista de aplicativo que atropelou passageiro após discussão é denunciado pelo MP

O motorista de aplicativo que, segundo a polícia, atropelou um passageiro após ele ter vomitado dentro do carro, em Curitiba, foi denunciado por tentativa de homicídio qualificado. A denúncia foi apresentada pelo Ministério Público do Paraná, com a qualificadora de motivo fútil e dificuldade de defesa da vítima.

O caso aconteceu em dezembro do ano passado, no bairro São Braz, depois de uma discussão entre os dois. O MP considera a reação do motorista Rafael Antoniacomi da Silva “totalmente desproporcional ao valor da vida humana”.

O homem atropelado, Jean Ricardo Cavalli, foi internado com traumatismo craniano. No boletim de ocorrência aberto pela esposa da vítima, que também estava no carro, há o relato de que o casal voltava de um show e, após o passageiro vomitar no carro, o motorista teria exigido R$ 200 pela limpeza do veículo. Ao chegar em casa, Jean teria descido e chutado a porta do carro.

Rafael, então, deu meia volta e atropelou Jean. O atropelamento foi registrado por uma câmera de segurança. Rafael, que foi bloqueado do aplicativo no qual trabalhava, disse que não teve intenção de atropelar ninguém e que fugiu por medo de ser agredido por algumas pessoas que estavam no local. A defesa dele diz acreditar que o passageiro se jogou na frente do carro.



Source link

Escreva um comentário