Destaques

Motorista de ônibus é denunciado por acidente deixou 21 mortos em 2016



Motorista de ônibus é denunciado por acidente deixou 21 mortos em 2016

Um motorista do ônibus foi denunciado por ser um dos responsáveis de um acidente, em 2016, que deixou 21 mortos e oito feridos. O homem é funcionário da Prefeitura de Altônia, no noroeste do Paraná, e, segundo o Ministério Público (MP-PR), teve uma conduta imprudente na colisão com um caminhão na PR-323.

O acidente foi registrado em Cafezal do Sul, também no noroeste do estado, no dia 31 de outubro de 2016. O motorista, servidor público que prestava serviços para a Secretaria Municipal de Saúde, levava pacientes até a cidade de Umuarama para cirurgias de catarata.

As investigações do inquérito policial apontaram que o motorista conduziu o ônibus na contramão, o que levou à colisão frontal com um caminhão que vinha no sentido contrário. O acidente provocou o vazamento de combustível do caminhão e o consequente incêndio nos dois veículos.

Segundo o promotor Alan Bolzan Witczak, a culpa pela colisão seria imputada aos dois motoristas. Isso porque as perícias indicam que o condutor do caminhão também estava na contramão momentos antes do acidente.

“Os laudos apontam que o motorista efetuou uma manobra de fuga para sua esquerda. Na visão do Ministério Público, de maneira imprudente. Ele invadiu a pista na contra-mão e por isso o acidente ocorreu. Era possível simplesmente utilizar o acostamento. Assim, aconteceu uma responsabilidade recíproca de ambos os condutores. No direito penal, essas responsabilidades não se anulam”, diz o promotor.

Em nota, a prefeitura de Altônia afirma que o motorista continua exercendo a função e que prestou atendimento às vítimas.



Source link

Escreva um comentário