Categoria

Esporte

Categoria
Jorge de Sousa – Paraná Portal
Foto: Divulgação/Coritiba Foot Ball Club

Coritiba e Athletico-PR duelam no Atletiba 347 na noite deste sábado (9), pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro. As duas equipes se enfrentam em momentos distintos na competição.

O Athletico-PR venceu as últimas três partidas e se recolocou na briga pela Copa Libertadores, enquanto o Coritiba soma nove jogos sem vitórias e está na lanterna do Campeonato Brasileiro.

Por isso, o Atletiba deste sábado terá grande valor para as equipes dentro do Campeonato Brasileiro. Atualmente o Coritiba tem vantagem no histórico do clássico, com 135 vitórias contra 111 do Athletico-PR e outros 100 empates.

ATLETIBA 347: CORITIBA X ATHLETICO-PR – 19H

O Coritiba terá a estreia do técnico Gustavo Morínigo no banco de reservas justamente no Atletiba. O paraguaio tem uma dura missão para tirar a equipe da zona de rebaixamento, com o time oito pontos atrás da saída do Z4.

Morínigo não poderá contar com os lesionados Matheus Galdezani (panturrilha), Mattheus Oliveira (desconforto muscular)  e Rafinha (entorse no adutor).

Outra mudança na formação titular será a saída de Nathan Ribeiro da formação titular, desmontando o esquema com três zagueiros. Matheus Bueno e Sarrafiore disputam a vaga no meio campo.

A outra dúvida de Morínigo é no comando de ataque. Ricardo Oliveira foi titular contra o Goiás, mas pode perder a vaga de ataque para Pablo Thomaz.

Já Paulo Autuori tem dois desfalques importantes para o Atletiba. Nikão e Renato Kayzer receberam o terceiro cartão amarelo contra o Botafogo e estão fora do clássico.

Para esses desfalques, Autuori tem dúvidas na formação titular: Fernando Canesin e Reinaldo disputam a vaga deixada por Nikão, enquanto Bissoli e Walter tem chances no comando de ataque.

O restante da equipe será o mesmo que venceu Vasco da Gama e Botafogo nas duas últimas rodadas. Se vencer o Coritiba, o Athletico-PR irá conseguiu quatro vitórias seguidas pela primeira vez nesta edição do Campeonato Brasileiro.

Coritiba: Wilson, Maílton, Rhodolfo, Sabino e Jonathan; Hugo Moura, Nathan Silva e Matheus Bueno (Sarrafiore); Robson, Neilton e Ricardo Oliveira (Pablo Thomaz). Técnico: Gustavo Morínigo.

Athletico-PR: Santos; Jonathan, Pedro Henrique, Thiago Heleno e Abner; Richard, Christian, Léo Cittadini e Fernando Canesin (Reinaldo); Carlos Eduardo e Bissoli (Walter). Técnico: Paulo Autuori.

Trio de arbitragem: Ricardo Marques Ribeiro (MG), auxiliado por Guilherme Dias Camilo (FIFA-MG) e Marcus Vinícius Gomes (MG)