Destaques

Oriovisto defende Dallagnol e critica contaminação do Conselho Nacional do Ministério Público



Oriovisto defende Dallagnol e critica contaminação do Conselho Nacional do Ministério Público

Ao cobrar imparcialidade do Conselho Nacional do Ministério Público, o senador paranaense, Oriovisto Guimarães (Podemos), reforçou as denúncias sobre “a verdadeira trama que estaria sendo engendrada para influenciar politicamente” em reconduções e novas indicações de membros do órgão para, possivelmente, tentarem destruir o procurador e coordenador da Operação Lava Jato, Deltan Dallagnol. “Não se pode contaminar esse Conselho na sua independência”, disse.

“Aqueles que pedem a imparcialidade pedem também a parcialidade no julgamento do Conselho Nacional do Ministério Público”, disse Oriovisto Guimarães, criticando a cobrança de colegas para que indicados ao Conselho se pronunciassem, em sabatina, sobre Deltan Dallagnol. “A pressão era constante, óbvia e evidente.”, observou.

“Sei que a maioria desta Casa aprecia, aplaude o excelente trabalho do Ministério Público, normalmente daqueles que estão na linha de frente lutando contra políticos e empresários corruptos.”

O senador paranaense não acredita que políticos do Senado Federal tenham a coragem de falar, explicitamente, contra a Operação Lava Jato que, na sua opinião, mudou a cara do país, ao colocar políticos e empresários corruptos na cadeia. “A Lava Jato deu um novo impulso e fé no novo país e o Ministério Público tem papel fundamental nisso”, afirmou.



Source link

Escreva um comentário