Redação – Paraná Portal
Foto: Divulgação/Sejuf

Paraná promove até esta quarta-feira (23) um mutirão para a renovação de passaportes e de outros documentos para haitianos. A ação acontece no Centro de Informação para Migrantes, Refugiados e Apátridas (Ceim), em Curitiba.

De acordo com a Secretaria Estadual da Justiça, Família e Trabalho (Sejuf), o mutirão atende um grupo de 600 haitianos, residente no Paraná e em outros estados.

Esse é o caso de Moisés Jeudh, que mora em Santa Catarina há quatro anos e trabalha com reciclagem. “Vim renovar o passaporte, fui muito bem atendido e agora posso viajar”, disse.

O chefe do Departamento de Promoção e Defesa dos Direitos Fundamentais e Cidadania, Silvio Jardim, explica que o objetivo é auxiliar e prestar todo o suporte aos migrantes e refugiados que chegam ao Paraná.

“A maioria dos migrantes que procura o Ceim está entre 30 aos 59 anos e é formada por homens, que buscam trabalho, orientação para elaboração de currículo e para reinserção no mercado de trabalho”, destaca.

No Ceim, que recebeu no ano passado o selo MigraCidades 2021 – Certificado em Governança Migratória pela Organização Internacional para Migrações (OIM), da ONU, as pessoas são recebidas por profissionais que falam inglês, espanhol, crioulo haitiano, árabe, francês e japonês.

Lá, são encaminhadas para fazer CPF, Cartão de Registro Nacional Migratório (CRNM), protocolo de refúgio e carteira nacional de habilitação. O Ceim também oferece serviços nas áreas de assistência social, educação, saúde, de garantias de direitos e projetos de capacitação profissional.

Durante os cinco anos de funcionamento, os principais migrantes atendidos são da Venezuela (2.517), Haiti (2.242) e Cuba (295).

Escreva um comentário