Cidades

Passageiros e operadores de ônibus terão temperatura aferida ao entrar em terminais

Para reforçar o combate à disseminação da Covid-19 (coronavírus) em Curitiba e Região Metropolitana, passageiros e operadores de ônibus terão a temperatura aferida ao entrar em terminais da cidade.

Segundo a URBS (Urbanização de Curitiba), os termômetros para medição começaram a ser instalados hoje (21), e até o início de setembro serão implantados 43 equipamentos de parede nos 21 terminais da capital.

Os terminais de maior circulação de pessoas – como Pinheirinho, Santa Cândida, Capão Raso, Boqueirão e Cabral – vão receber mais de um termômetro, para evitar a formação de filas. Na semana passada, foram implantados três termômetros no terminal do Santa Cândida, que já estão em funcionamento.

SAIBA COMO VAI FUNCIONAR A MEDIÇÃO DA TEMPERATURA NOS TERMINAIS DE ÔNIBUS EM CURITIBA

Conforme a URBS, a medição é rápida, dura cerca de cinco segundos. Basta o passageiro se posicionar em frente ao equipamento e conferir sua temperatura.

O termômetro marca normalmente até 37,8ºC. Acima dessa temperatura é acionado um alarme, com luzes vermelhas.

A orientação é para que pessoas com temperatura acima de 37,8º C não embarquem nos ônibus e procurem assistência médica para verificar o motivo da alteração da temperatura.

Além dos termômetros, os terminais contam com dispensers de álcool gel e o Exército, em parceria com a Urbs, vêm fazendo a sanitização especial dos ônibus com quaternário de amônio.

A desinfecção dura cerca de 3 minutos e é realizada logo após o ônibus desembarcar todos os passageiros no terminal. Toda frota operante da capital, de cerca de 900 veículos será higienizada. Os veículos de transporte metropolitano também estão sendo sanitizados.

Redação Paraná Portal

Escreva um comentário