Redação – Paraná Portal
Foto: Divulgação/PRF

Polícia Rodoviária Federal (PRF) irá reforçar o policiamento nas rodovias federais que cortam o Paraná durante o feriadão da Proclamação da República. A operação terá início a partir da zero hora desta sexta-feira (12).

A ação segue até a meia-noite de segunda-feira (15) e tem como foco garantir a livre circulação e a prevenção de acidentes.

Conforme a PRF, o patrulhamento será reforçado em locais e horários de maior incidência de acidentes graves e de ocorrência de crimes, de acordo com as estatísticas do órgão.

As fiscalizações estarão voltadas principalmente no combate à embriaguez ao volante e à realização de ultrapassagens indevidas, no uso de equipamentos como cinto de segurança, capacete e dispositivos de retenção para crianças, além do uso de telefone celular na direção e das condições de conservação dos veículos.

Serão realizadas ainda atividades preventivas e educativas com foco na sensibilização de motoristas e passageiros a respeito de suas responsabilidades para um trânsito mais seguro.

Restrição de tráfego 

tráfego será restrito para caminhões bitrem durante a Operação Proclamação da República 2021. Veículos com dimensões excedentes e caminhões cegonha, mesmo os que possuam Autorização Especial de Trânsito (AET) ou Autorização Específica (AE), estão proibidos de circular nas rodovias federais de pista simples na sexta-feira (12) das 16 às 22 horas, no sábado (13) das 6 às 12 horas e na segunda-feira também das 16 às 22 horas.

Confira algumas orientações da PRF para uma viagem segura no feriadão

  • Faça a revisão preventiva do veículo mesmo para pequenas viagens: pneus calibrados e em bom estado; motor revisado, com óleo e nível da água do radiador em dia. Não esqueça de verificar os equipamentos obrigatórios, principalmente estepe, macaco, triângulo e chave de roda, além dos limpadores de para-brisa e do sistema de iluminação.
  • Planeje a viagem informando-se sobre as distâncias que pretende percorrer, as condições do tempo e a existência  ao longo do percurso de pontos de parada, postos de combustíveis e locais para alimentação.
  • O condutor deve programar pausas para descanso em média a cada 3 horas de viagem. Quem se expõe a muitas horas dirigindo fica sujeito ao fenômeno da “hipnose rodoviária”, na qual se mantém de olhos abertos, mas sem percepção da realidade à sua volta. Ela vem acompanhada de sonolência, perda de reflexos e de força motora.
  • Use sempre o cinto de segurança, que é obrigatório para todos os ocupantes do veículo. Não esqueça dos dispositivos de retenção no caso de transporte de crianças: bebê conforto, cadeirinha ou assento de elevação. Ande sempre com os faróis acesos para ver e ser visto.
  • Respeite o limite de velocidade e as condições de ultrapassagem indicados nas placas de sinalização. A desobediência a essas regras está entre as principais causas dos acidentes graves nas rodovias federais. Nos trechos em obras, o motorista deve reduzir a velocidade e obedecer a sinalização local. Os condutores também devem redobrar a atenção em trevos, cruzamentos e áreas urbanas.
  • Em dias chuvosos ou com neblina e cerração, a PRF orienta aos motoristas a transitarem com velocidade moderada, inferior àquela utilizada em dias de boas condições climáticas, posicione-se mais à direita da via, com os faróis baixos sempre acesos, mantendo distância segura dos demais veículos, evitando manobras e freadas bruscas.
  • Se não possuir CNH ou estiver com o documento suspenso, ou ainda, se fez uso de bebida alcoólica, não dirija. Nestes casos, utilize transportes alternativos como os carros de aplicativos, táxis e ônibus.

Para informações, denúncias, comunicação de crimes e acidentes, a PRF dispõe do número de emergência 191. A ligação é gratuita e a central atende 24 horas em todo o Brasil.

Escreva um comentário