Redação – Paraná Portal
Foto: Eduardo Matysiak /Futurapress

Primeiro voo com vacina pousa no Paraná após confusão do Ministério da Saúde

O primeiro voo que transportou doses da Coronavac, vacina contra a covid-19, fez a aterrissagem minutos antes das 19h no Paraná. A aeronave da Latam fez o pouso no aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba com atraso devido à confusão na logística do Ministério da Saúde.

Por conta das alterações feitas pela pasta, a entrega foi fracionada em três levas. A primeira remessa contém 50 caixas com doses da vacina. Já a segunda aeronave, da empresa Azul, deve chegar na região de Curitiba por volta das 20h30. O último voo que transporta vacinas é da Gol e tem aterrissagem prevista para ás 23h.

A carga dos últimos aviões ainda não foi confirmada. Também não foi informada a quantidade exata de doses entregues hoje. Todas elas serão encaminhadas ao Cemepar (Centro de Medicamentos do Paraná).

Nesta terça-feira (19), a partir 8h30, o governo estadual começa a distribuir os imunizantes para os municípios. 102.960 pessoas devem receber a primeira dose da vacina neste primeiro momento.

Algumas das doses que já estão em solo paranaense serão usadas em uma vacinação simbólica, com a participação do governador Ratinho Junior (PSD). Elas vão passar pelo Cemepar para ser catalogadas e depois serão encaminhadas ao Hospital do Trabalhador, em Curitiba, onde acontecerá a vacinação simbólica no Paraná. Todo o processo de deslocamento é feito com escolta da Polícia Federal.

Três profissionais de saúde (um médico, um enfermeiro, um técnico de enfermagem) serão vacinados com a presença do secretário de Saúde, Beto Preto. O ato será parecido com vacinação da enfermeira Mônica Calazans, a primeira brasileira vacinada contra covid-19, em São Paulo.

Conforme a divisão nacional, o Paraná vai receber um total 265.600 doses da Coronavac, desenvolvida pelo Instituto Butantan em parceria com o laboratório chinês Sinovac e aprovada ontem pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Destas 265 mil doses, 242.880 são reservadas para profissionais de saúde e 22.720 serão destinadas à população indígena que vive em solo paranaense.

CORONAVAC CHEGA AO PARANÁ: VACINAÇÃO COMEÇA NA QUARTA-FEIRA

Apesar do problema na logística do Ministério da Saúde, o atraso não deve afetar o início da vacinação nos 399 municípios paranaenses, marcado para às 10h desta quarta-feira (20). As cidades deverão receber os imunizantes ainda nesta terça. Para isso, o governo do Paraná conta com uma frota aérea e diversos caminhões.

Conforme o PNI (Plano Nacional de Imunização), os grupos prioritários – profissionais de saúde, idosos em situação de asilo e indígenas – serão os primeiros a serem vacinados contra a covid-19. O Paraná tem a meta de imunizar todas as pessoas com mais de 18 anos em 2021.

Em Curitiba, a primeira fase da vacinação será concentrada no pavilhão do Parque Barigui, um dos principais pontos turísticos da cidade. Já no interior, a expectativa é que sejam usadas as 1.850 salas de vacinação espalhadas pelo Estado.

Conforme o boletim desta segunda, o Paraná acumula 499.777 casos confirmados e 8.982 mortes por coronavírus.

Escreva um comentário