Um quadro da artista plástica Tarsila do Amaral bateu recorde de venda em leilão público no Brasil, sendo arrematado por R$ 57,5 milhões. Com isso, Tarsila confirmou o status de pintora brasileira mais valorizada no mundo.

Mas não foi o famoso Abaporu que foi vendido. Esse está em um museu em Buenos Aires.

O quadro se chama “Caipirinha” e foi adquirido nessa quinta-feira por um colecionador brasileiro, após 15 minutos de abertura do leilão, depois de 19 lances. A obra era de propriedade do empresário Salim Taufic Schahin, investigado na Operação Lava Jato, e foi à leilão por decisão judicial.

Jones Bergamini, do Bolsa e Arte, responsável pelo leilão, destaca a importância do quadro “Caipirinha” na história da arte brasileira.

Tarsila do Amaral foi uma das mais importantes artistas do movimento modernista brasileiro. Nascida em 1886 e falecida em 1973, fez mais de 70 obras e participou do movimento antropofágico de Mario de Andrade. Suas obras tem grande reconhecimento no mercado de arte. Abapuru foi vendido em 1995 por mais de US$ 1 milhão em 1995, e o quadro a Lua foi vendido em 2019 por mais de US$ 20 milhões.

O Merchand Paulo Varella explica quais fatores influenciam o valor das obras de arte.

Para quem quiser ver a obra ainda, ela vai estar em exposição na sede do Bolsa de Arte, na rua Rio Preto, 63, em São Paulo, até o dia 23 de dezembro.

Agência Brasil
Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

Escreva um comentário