Da Assessoria
Foto: Divulgação/ALEP

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) solicitou que estudantes universitários de cursos da área da saúde, que estejam atuando na linha de frente no combate à pandemia de Covid-19, sejam vacinados com prioridade. O parlamentar requereu envio de expediente ao governador Ratinho Junior e ao secretário da Saúde, Beto Preto.

Romanelli sustenta que o Paraná vive uma segunda onda de infecções e há evidente dificuldades de trabalho dos profissionais que atuam na atenção médico-hospitalar.

“É necessário reforçar as equipes que estão na linha de frente. Profissionais da saúde estão sob muita pressão e precisam de mais apoio”, afirma o deputado.

A solicitação de vacinação é para estudantes de medicina, enfermagem, fisioterapia, dentre outros cursos que podem dar suporte no atendimento aos doentes. “É uma forma de desafogar os sistemas de saúde público e privado que estão em colapso”, afirma.

VIDAS – A justificativa do pedido é de que mesmo antes de se formar, de adquirir a experiência necessária para atuação, “esses estudantes têm se colocado à disposição da sociedade, atuando com bravura em hospitais e unidades básicas de saúde no intuito de tentar salvar a vida de milhares de infectados”.

A vacinação, alerta o deputado, serve também para atenuar a rotina exaustiva dos demais profissionais da saúde, que estão no limite do esgotamento físico e mental. A mensagem prossegue com a constatação de que “essas pessoas têm contato direto e diário com pacientes infectados, consequentemente tornam-se grupo de risco”.

Segundo o texto apresentado à mesa da Assembleia Legislativa, a medida já foi adotada por outros Estados, a exemplo do Acre e o Rio Grande do Sul, “que entenderam imprescindível a total preservação da vida desse grupo como forma de ajudar os demais”.

Escreva um comentário