Redação – Paraná Portal
Foto: Brunno Covello/SMCS

Comprar frutas, legumes e verduras nos Sacolões da Família de Curitiba ficou mais caro a partir desta quarta-feira (10). O preço único do quilo dos produtos foi reajustado de R$ 2,49 para R$ 2,89, segundo a prefeitura.

A administração municipal justificou o novo valor como forma de repor parte das perdas dos permissionários com os aumentos dos preços praticados no atacado, devido à falta de chuvas em algumas regiões produtoras e também pela elevação dos custos de insumos e do combustível para transporte por conta da alta do dólar.

Mesmo com o reajuste, permissionários dos Sacolões da Família estão liberados para trabalhar com preços abaixo do valor único. Promoções são comuns nas 14 unidades do programa municipal.

Apesar do reajuste, o preço único das frutas e verduras nas unidades municipais permanece competitivo, se comparado aos valores de mercado.

“Se compararmos com os preços praticados nos supermercados, continuamos com valores bem abaixo”, avalia o secretário Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (SMSAN), Luiz Gusi.

Preço médio dos hortifrútis em Curitiba

Em supermercados de Curitiba, o preço médio dos hortifrútis estava em R$ 7,05 o quilo, segundo levantamento do Clique Economia na última segunda-feira (8). O valor médio dos supermercados é 144% maior do que o preço único dos sacolões da Prefeitura.

Para chegar ao novo valor, a Unidade de Estatística e Análise Econômica da SMSAN pesquisou em vários estabelecimentos da capital.

Gusi lembra ainda que os Sacolões da Família trabalham como reguladores de preços do mercado, sempre praticando valores mais acessíveis que os do comércio local. “Este papel regulador do programa faz com que todo o varejo acabe tendo que rever margens de lucro e valores dos hortifrutigranjeiros. Assim, quem sai ganhando é a população”, completa o secretário municipal.

Escreva um comentário