William Bittar – CBN Curitiba
Foto: Fernando Andreatta/Colaboração

Idosos com 66 anos completos que recebem, nesta sexta-feira (16), a primeira dose da vacina contra a Covid-19 e os idosos com mais de 75 anos que recebem a segunda dose do imunizante, se aglomeraram e formaram uma longa fila em pé, na Paróquia Santo Antônio, no bairro Boa Vista, em Curitiba, durante a manhã.

Fotos enviadas à CBN Curitiba, mostram a fila dos idosos e acompanhantes. Em uma das imagens é possível ver um idoso que levou um banco de plástico para ficar sentado do lado de fora enquanto aguarda para ser imunizado.

A Regional Boa Vista conta com três pontos de vacinação contra a Covid-19, a Paróquia Santo Antônio, a Unidade de Saúde Vila Diana e a Unidade de Saúde Fernando de Noronha.

No entanto, a Paróquia Santo Antônio também contava com um ponto drive-thru para imunização, mas que foi desativado nesta quinta-feira (15).

Carlos Korndofer, de 75 anos, estava na fila para receber a segunda dose. Na primeira vez, ficou no drive-thru e agora ficou indignado de ter que ficar algumas horas em pé na fila.

“Está todo mundo em pé, alguns trouxeram banquinho, os outros foram pegos de surpresa como eu fui e agora fica aqui todo mundo uma ou duas horas em pé. E é isso aí, uma desorganização completa”, disse Korndofer.

A Oni de Fátima Ferreira, de 64 anos, estava acompanhando o marido para receber a dose da vacina. Ela também reclamou do fechamento do drive-thru.

“Só acho errado a gente estar em uma fila com pessoas com AVC, pessoas com dificuldade para andar, e ter que enfrentar uma fila já que tiraram o drive-thru da Santo Antônio. O que a secretária nos passou ontem pelas redes sociais é que agora não tem mais pessoas com idade suficiente para usar o drive e eu acho que quem está tomando segunda dose são pessoas que ainda têm dificuldade”, argumentou Oni.

E a confusão ficou ainda maior quando as equipes iniciaram a imunização. Profissionais de saúde foram para a fila e informaram que as pessoas que receberam a primeira dose há menos de 28 dias não poderiam receber a segunda dose, mesmo com o agendamento feito para esta sexta-feira.

Em um vídeo, as pessoas aparecem discutindo com guardas municipais que foram chamados para ajudar a dispensar os idosos da fila. “Não vai ser dada a segunda dose…tem gente que chegou aqui seis horas da manhã, todo mundo indignado indo embora porque não vai conseguir tomar a segunda dose aqui no Boa Vista, na Paróquia Santo Antônio”.

Ainda nesta quinta-feira, a secretária municipal de Saúde, Márcia Huçulak, havia informado que conforme a faixa etária dos grupos prioritários vai baixando, diminui a necessidade de atendimento por drive-thru.

Em entrevista recente à CBN Curitiba, a secretária afirmou que o drive-thru na Paróquia Santo Antônio seria levado para a Pedreira Paulo Leminski. No entanto, isso ainda não aconteceu.

Em nota, a pasta informou que são 20 pontos para a vacinação contra a Covid-19, sendo 18 fixos e 2 no sistema drive-thru e que, dos 18 pontos fixos, dois são novos e funcionam a partir desta sexta-feira.

Os novos pontos estão instalados na Unidade de Saúde Fernando de Noronha, na Regional Boa Vista, e no Centro de Referência, Esportes e Atividade Física, na Regional Portão.

A SMS ressaltou que, quando chegarem doses de vacinas em maior quantidade, novos pontos fixos e também drive-thrus poderão ser implantados na cidade.

Sobre a dispensa de idosos, mesmo com o agendamento marcado, a Secretaria Municipal de Saúde disse que houve um ruído de comunicação com algumas equipes de vacinação, mas a falha já foi corrigida. A secretaria diz ainda que as segundas dose estão garantidas para todos que se vacinaram com a primeira.

Conforme a pasta, para esta segunda dose, os usuários podem seguir tanto a data da carteirinha, como o cronograma divulgado pela Prefeitura, que serve como lembrete para a população. O importante, ressalta a pasta, é que o intervalo entre primeira e segunda dose, no caso da Coronavac, ocorra entre 21 e 28 dias.

Escreva um comentário