Bombando

Sem patrocínio, tricampeã Sul-americana de Jiu-jitsu vende balas nos semáforos de Curitiba

A tricampeã Sul-americana de jiu-jitsu Bárbara Pires tenta juntar recursos vendendo balas em semáforos de Curitiba para conseguir ir para duas disputas mundiais na categoria faixa roxa peso pena nos intervalos dos treinos. Com 32 anos e cinco dedicados ao esporte, ela carrega títulos como o Sul Brasileiro e também o Campeonato Mundial de Jiu-jitsu. As informações são do Paraná Portal.

Para conseguir arrecadar dinheiro para seguir para os mundiais em Los Angeles e Las Vegas – que ocorrem respectivamente em junho e agosto – a lutadora vai para os semáforos da Linha Verde Norte em Curitiba.

“A gente tem que se dividir para ser atleta de alto rendimento. Treino de 6 a 7 horas por dia, pela falta de patrocínio e recurso a gente acaba buscando outras fontes em momentos de descanso, entre os treinos e nos sábados e domingos”, explica. “Eu faço rifas, faço campanha entre as pessoas que eu conheço. Quem pode ajuda com alguma quantia”, complementa Bárbara.

A atleta é de Belo Horizonte, Minas Gerais, e já morou em outras cidades antes de chegar à capital paranaense. Aqui ela veio junto a equipe e vive em um alojamento, o que ajuda a reduzir os custos para continuar no esporte.

Apesar das dificuldades, a lutadora segue com esperança de que um patrocinador reconheça o talento dela no esporte e ajude a financiar as passagens aéreas e a hospedagem nas disputas mundiais.

“Faz anos que moro longe de casa, da minha família e dos meus amigos… já passei por muita dificuldade para chegar aqui e nada vai me fazer desistir”, afirma a atleta. “Eu acredito que uma hora esse patrocinador vai chegar”, conta.

Quem se interessou em ajudar a Bárbara pode entrar em contato pelo e-mail: barbarapires.jiujitsu@gmail.com. No Instagram, a conta dela é: @bjjbarbarapires.

Foto: Arquivo pessoal

Escreva um comentário