Destaques

Servidores decidem suspender greve no Paraná



Servidores decidem suspender greve no Paraná

Os servidores estaduais do Paraná decidiram, em Assembleia, na Praça Nossa Senhora de Salete, em Curitiba, na manhã deste sábado (13), suspender a greve do funcionalismo. As categorias estavam de braços cruzados desde o dia 25 de junho. A decisão acontece após uma proposta do governo do Paraná, apresentada nesta sexta-feira (12).

Pela última proposta apresentada, o índice de 4,94% referente a inflação de abril de 2018 a maio de 2019, será parcelado, sendo pago 2% em janeiro de 2020, 1,5% em janeiro de 2021 e 1,5% em janeiro de 2022. Na proposta anterior, o governo havia proposto 0,5% em outubro de 2019, 1,5% em março de 2020 e condicionou a possibilidade de pagar o restante, em 2021 e 2022, ao crescimento da receita corrente líquida.

Mais de 2 mil servidores se reuniram em assembleia em frente ao Palácio Iguaçu. A proposta não agradou a categoria, mas, mesmo assim, foi definido pela suspensão do movimento.

 “A maioria compreendeu que a greve foi um movimento vitorioso pela organização da categoria e a unidade dos servidores. Discordamos dos números do governo e vamos continuar acompanhando a evolução da receita que já apresenta crescimento”, avalia o presidente da APP-Sindicato, professor Hermes Silva Leão.

Uma nova assembleia ficou definida para o dia 10 de agosto, logo após o retorno do recesso da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep). Segundo a APP, o objetivo será acompanhar o projeto sobre a reposição salarial e o andamento de outros pontos das negociações. Caso eles não sejam efetivados, a categoria pode aprovar o retorno à greve.



Source link

Escreva um comentário