Redação – Paraná Portal
Foto: Reprodução/Governo do Paraná

A Celepar (Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná), responsável pela toda a área de informática do governo estadual, informou na manhã deste sábado (17) que os sites oficiais do Paraná sofreram um ataque de “pichação digital”.  A companhia disse que retirou do ar os sites “como medida de segurança”. Com o ataque contido, os sites voltaram ao ar na madrugada de sábado.

O ataque atingiu inclusive endereços eletrônicos ligados ao controle da pandemia de covid-19, como os de hospitais públicos de referência e o Portal do Coronavírus. Os responsáveis pelo ataque, segundo a Celepar, já foram identificados.

Veja na íntegra a nota divulgada pelo governo:

” Por volta das 20 horas desta sexta-feira (16), diversos sites do Governo do Paraná foram retirados do ar, como medida de segurança devido à prática conhecida na língua inglesa como ‘defacement’, que consiste na modificação de conteúdo e estética de uma página da web com motivação de cunho ativista ou político.

A Celepar, Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná, afirma que os dados estão preservados e a tentativa ocorreu nas camadas superficiais.

Para o presidente da Celepar, Leandro Moura, a atitude é muito irresponsável, principalmente neste momento. ‘Em plena pandemia, sites de hospitais tiveram que preventivamente sair do ar, o Portal do Coronavírus, que é o centro de informação da pandemia do Governo e também inúmeros outros sites de serviços ao cidadão ficaram indisponíveis, por conta da prática criminosa desses hackers em plena pandemia e estão pichando diversos portais governamentais em vários estados da Federação. A origem já foi identificada.’

Os sites já estão funcionando normalmente desde a madrugada de sábado (17).”

Escreva um comentário