Paraná Portal
Foto: Reprodução/redes sociais

Uma forte chuva com ventos intensos atingiu grande parte do Paraná na madrugada deste sábado (22). Segundo o Simepar (Sistema de Meteorológico do Paraná), a tempestade chegou a ter rajadas com mais de 100 quilômetros por hora em alguns locais. Em Curitiba, a prefeitura registrou quedas de árvores enquanto os moradores registraram sensação de medo nas redes sociais.

Conforme o Simepar, as áreas de instabilidade avançaram sobre o Estado com rajadas de vento moderadas e fortes.

“Os maiores acumulados de chuva estão sobre as regiões sudoeste e sul do Paraná, onde já foram registrados 53,2 milímetros em Palmas”, apontou a meteorologista Lidia Luísa Mota.

Até às 4h20, o maior índice registrado foi na estação de Entre Rios, na região central do Paraná, com vento de até 108 quilômetros por hora.

Em Curitiba, as rajadas chegaram a 76 km/h, segundo o Simepar.

  • Curitiba – ventos de 76km/h
  • Lapa – 94,3km/h
  • Entre Rios -108,4km/h
  • Guarapuava – 88,9km/h
  • Ecovia-litoral – 88km/h
  • Laranjeiras do Sul – 97,6km/h
  • Palmas – 93,6km/h

TEMPESTADE FORTE NO PARANÁ CAUSA ESTRAGOS EM CURITIBA

Segundo o primeiro boletim, divulgado por volta das 4h40 pela Prefeitura de Curitiba, ocorreram chuvas regionalizadas por toda a cidade.

Contudo, os bairros mais atingidos foram: Água Verde,  Prado Velho, Pinheirinho, Mercês, Uberaba, Portão, Capão Raso e Bairro Alto.

Por meio do 153, foram registradas duas ocorrências com quedas de árvores nos bairros Portão e Pinheirinho. Três pedidos para fornecimento de lona nos bairros Uberaba, Capão Raso e Bairro Alto também foram constatados.

Além disso, houve seis quedas de árvores e galhos nos bairros Água Verde,  Prado Velho,  Pinheirinho e Mercês.

As equipes da Prefeitura continuam em atendimento e alerta para possíveis emergências.

Segundo a COMPDEC (Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil), o alerta é constante durante todo o sábado já que as chuvas e rajadas de vento continuam a ocorrer ao longo do dia.

Em casos de emergências, a Prefeitura de Curitiba recomenda ligar no 199 (Defesa Civil), 153 (Guarda Municipal), 156 (Prefeitura Municipal de Curitiba), 193 (Corpo de Bombeiros).

O boletim dos estragos da tempestade deve ser atualizado nesta manhã.

Escreva um comentário